Sábado, 21 de Fevereiro de 2004

Acordar

acordar.jpg( foto de: Theo Westenberger )

 

Afasto-me do passado,

dos Deuses do Olimpo,

das Ninfas e dos Centauros.

Acordo das quimeras

e afasto-me dos Elfos.

 

Liga-me o passado...

a coisas já esquecidas

à segurança do inseguro.

Adormece-me a memória

de um sonho longínquo

dos espíritos errantes.

 

Afasto-me dos Pântanos,

para um novo Acordar.

 

Jorge Assunção

publicado por Jorge D'Alfange às 11:04

link do post | favorito
De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2004 às 17:43
Acordar assim da bruma de um pesadelo, deve de ser
como um duche bem gelado depois de uma noitada,ihihihihih, bonitinho esse texto,tem mais?viviane
</a>
(mailto:vivi@net.pt)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.